Cidades da Europa Central – Budapeste

Budapeste, a par de Praga, é uma das cidades mais interessantes da Europa Central, para se fazer uma visita, quer seja num fim-de-semana ou por mais alguns dias.

Com cerca de 20 milhões de turistas por ano, Budapeste tem vindo a ganhar terreno nas cidades mais visitadas na Europa. E não é para menos. A capital húngara é considerada por muitos como uma das cidades mais apelativas do velho continente.

A cidade, dividida pelo rio Danúbio, é cruzada por sete pontes que ligam Peste, na margem oriental, a Buda, na margem ocidental. No meio surge a ilha Margarida, uma extensa área verde, ideal para passear e fazer uns piqueniques. Com quase dois milhões de habitantes é a maior cidade da Hungria e o principal centro económico, politico, financeiro e cultural do país.

Budapeste oferece diversos motivos para a visitar. Na parte oriental (Peste) pode visitar a sinagoga e o Museu Judeu, a igreja de Santo Estêvão, passear pela rua Vaci junto ao rio, percorrer a avenida Andrassy e visitar a Casa do Terror, ex-sede da nazi e do KGB, assistir a um espectáculo de Opera por apenas 5 euros, apreciar alguns edifícios de interesse histórico, até chegar à imponente Praga dos Heróis (Hösök Tere). Ainda nesta parte da cidade, o Parlamento com o seu estilo neo-gótico, junto ao Danúbio, são uma das visitas obrigatórias, ainda por cima com entrada gratuita para os cidadãos da União Europeia.

Os banhos e a sauna são outro dos ex-libris de Budapeste. As termas de Gellert, do lado de Buda, são o lugar ideal para experimentar uma experiência única. O colina de Gellert, de onde pode avistar uma magnifica panorâmica sobre a cidade, o Castelo e a área envolvente, o Bastião dos Pescadores, a Galeria Nacional, o Palácio Real, são os lugares a não perder.

A TAP oferece voos directos entre Lisboa e Budapeste desde 200 euros, ida e volta, com todas as taxas incluídas. Em períodos promocionais é possível obter tarifas de 179 euros na companhia aérea Lufthansa, com partidas de Lisboa e Porto via Munique.